AÇÕES 2017

05/11/2019
MS - Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua homem de 49 anos em R$ 2,5 mil por manter aves silvestres ilegalmente em cativeiro.

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia realizaram atendimento de denúncia, de que um homem mantinha várias aves silvestres dentro de gaiolas em sua residência, na cidade. A equipe foi ontem (4) à residência e encontrou 5 gaiolas, contendo uma ave em cada uma.
Dos cinco pássaros silvestres, três eram da espécie Curió e dois Canários-da-Terra. As aves possuíam anilhas, porém, o denunciado informou que as aves foram adquiridas de outro criador. No momento da fiscalização o infrator não apresentou a autorização ambiental para a criação. As aves com as gaiolas foram apreendidas.
O infrator (49), residente em Cassilândia, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.500,00. Os pássaros serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.
A pessoa que vendera as aves também será notificada, tendo em vista que até a movimentação de animais legalizados precisa de autorização do Imasul.