AÇÕES 2017

04/10/2019
MS - Polícia Militar Ambiental de Costa Rica prende e autua paulista em R$ 2,9 mil por captura e transporte de dourado, que está com pesca proibida.

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica, que trabalham na operação Pré-piracema realizavam fiscalização na rodovia BR 359, no km 43, e prenderam hoje (4) à tarde, um pescador de 69 anos, residente em Bauru (SP) com pescado ilegal.
Durante abordagem ao veículo Toyota Hillux pertencente ao infrator, com uma carreta acoplada, puxando um barco e um motor de popa, os Policiais apreenderam um peixe da espécie dourado, que está com pesca proibida pela Lei Estadual nº 5,321, de 10 de janeiro de 2019. O infrator afirmou que efetuara uma pescaria no rio Taquari em um rancho, localizado no município de Alcinópolis, porém, com relação ao peixe dourado, ele o teria encontrado preso a um anzol de galho e o pegou para não perder, visto que iria morrer e estragar.
Além do dourado, havia mais três exemplares de peixe da espécie traíra (5 kg de pescado ao todo), uma tarrafa e vários anzóis de galho (petrechos proibidos para a pesca), que foram apreendidos, juntamente com o barco, o motor de popa e o veículo.
O infrator recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, onde foi autuado e responderá por crime ambiental de pesca e transporte de produto da predatória, com pena prevista de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado de R$ 2.877,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.